Laudo aponta que trave que caiu sobre criança estava em péssimas condições

0
8

Nesta quinta-feira, 9, foi divulgado pelo IC (Instituto de Criminalística) de Franca o laudo do acidente que acabou com a vida de Igor Domeneghetti, de 12 anos, quando ele foi atingido por uma trave dentro da escola em Cristais Paulista.Segundo a Polícia Civil, o laudo apontou que a trave estava em péssimo estado e não tinha condições de uso, portanto não deveria estar sendo usada pelos alunos.

Agora, o próximo passo da Polícia Civil será ouvir novamente os integrantes da escola para definir de quem é a responsabilidade de detectar se aquele material estava ou não em más condições.Igor morreu no dia 9 de dezembro, quando jogava bola na quadra da Escola Municipal “Amélio de Paula Coelho”. Ele participava de uma aula de educação física quando foi atingido na cabeça pela trave do gol. Igor foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

Em nota, a prefeitura de Cristais Paulista informou que “tem conhecimento de todo conteúdo do laudo da olícia Civil e agora vai aguardar a finalização do inquérito policial”.Além disso, disse que a partir de agora o procedimento adotado será diferente. “Com relação a estrutura da quadra onde ocorreu o acidente, afirmamos que, por medida de segurança, a partir deste ano de 2020 todos as traves (gols) das escolas da rede municipais de Cristais Paulista terão os tamanhos reduzidos como forma de evitar novos acidentes.Lamentamos profundamente o incidente que vitimou o garoto Igor e reforçamos que todo suporte para familiares e amigos da vítima foram e continuam sendo prestados”, disse a nota.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, preencha seu nome auqi